Violação à privacidade dos funcionários da CEMIG

A empresa de investigação Kroll, responsável pela CPI da Cemig, propôs instalar um programa espião nos computadores de funcionários da empresa para monitorá-los. 

A próxima reunião da CPI, acontece hoje às 14h, e pode ser acessada pelo site da Assembleia Legislativa de Minas.

Confira na reportagem produzida por Pedro Augusto Figueiredo, para o jornal O Tempo mais detalhes sobre a investigação.

Kroll propôs instalar ‘programa espião’ em computadores de funcionários da Cemig

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up