Boletim Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2021

Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2021

Em reunião realizada no dia 04/02/2021 com a entidade patronal (Sinaenco), os sindicatos rejeitaram em mesa a proposta apresentada pelos representantes das empresas.

 A proposta de reajuste  oferecida está abaixo do INPC, o que não contempla nem a recomposição da perda salarial dos últimos 12 meses. Além dos reajustes abaixo da inflação, INPC, os representantes apresentaram várias propostas de retirada de cláusulas da convenção vigente,  que ferem os direitos dos trabalhadores. 

O Senge MG aguarda uma nova avaliação bem como outra proposta para dar continuidade às negociações e fechar a convenção.

8 thoughts on “Boletim Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2021

    • Kelly says:

      Olá Elias, tudo bem?
      Para continuar as negociações dependemos do Sinaenco, o sindicato patronal.
      Estamos fazendo o possível durante as negociações. O que foi oferecido pelo representante das empresas estava abaixo do INPC, em razão disso rejeitamos em mesa visando o prejuízo que a categoria está tendo. Caso a sua empresa tenha interesse em realizar um acordo coletivo fora da Convenção, o Senge está disponível.

  1. Isabella says:

    Isso é um absurdo! Começam a campanha sempre com atraso e esse ano ainda se justificam por conta da pandemia. A data base 2021 se aproxima e ainda estamos com salário de 2019.

    • Kelly says:

      Olá Isabella, tudo bem?

      A reforma trabalhista aprovada no Governo Temer, totalmente prejudicial aos trabalhadores, fez com que vários patrões usem de todos os métodos possíveis para dificultar as negociações coletivas. O que é o caso da negociação com o Sinaenco.
      O Senge-MG está trabalhando muito para que as negociações cheguem ao final. O próximo passo é a intermediação da Justiça do Trabalho.
      O Sindicato se compromete a atualizar as informações quinzenalmente, ainda que as mesmas não sejam as desejáveis. Sem fugir de suas responsabilidades, o Sindicato conta com os trabalhadores para mostrar aos patrões o quanto essa postura de protelar as negociações é danosa para todos.

  2. Elias says:

    O sindicato já considera normal trabalharmos com um ano defasado, agora vai ser 2 anos? Essa CCT tinha que ser no mínimo fechada com o piso considerando o salário mínimo de 2021!!!

    • Comunicação Senge MG says:

      Olá Elias, como vai?
      Não, o Sindicato não considera isso normal. Pelo contrário. Por isso foi contra a reforma trabalhista que possibilita essa prática por parte de empresas. No processo de negociação na justiça do trabalho, que terá a voz soberana da categoria na discussão, rejeição ou aprovação, tudo será feito para repor os valores devidos aos engenheiros e demais trabalhadores do setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll Up